OROBORO

Disponível na integra de 15 de abril 8:00 a 22 de abril ​ 23:59

Durante a crise mundial da Covid-19, o Projeto Mov_oLA oferece o registro

GRATUITO desta obra para você assistir até 22 de abril de 2020.

"A crueza da memória e do espaço do deserto urbano são trabalhadas

nas formas poéticas de Alex Soares e Paula Zonzini "- da Quarta Parede

 

 

Oroboro é uma abordagem artística de aspectos da existência humana,

como presença e ausência. A palavra que dá nome à obra tem origem grega

e é simbolizada por uma serpente que morde a própria cauda.

De forma semelhante, a peça de Alex Soares e Paula Zonzini trata de algo cíclico,

sem começo e sem fim, como a vida – que cria aproximações entre duas etapas

distanciadas no tempo, a infância e a velhice.

- Vencedora do Prêmio APCA 2018 de melhor espetáculo de dança - não estréia -